As inscrições para o Ifes, campus Itapina e Colatina, começam dia 11 de janeiro. São 360 vagas

Escrito por em 4 de janeiro de 2021

O Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) lançou na quarta-feira (30) os editais do processo seletivo para ingresso nos cursos técnicos da instituição, no primeiro semestre letivo de 2021. São ofertadas 3.728 vagas, no total, por meio de três editais: PS 11/2021 – Cursos técnicos integrados ao ensino médio; PS 12/2021 – Cursos técnicos concomitantes e subsequentes ao ensino médio; e PS 13/2021 – Cursos Proeja, para jovens e adultos. Para o Ifes, campus Colatina e Itapina, são destinadas 360 vagas.

As inscrições começam no dia 11 de janeiro e são gratuitas, sem a cobrança de nenhum tipo de taxa. Elas serão feitas exclusivamente on-line. Para quem não tiver acesso à internet, os campi do Ifes farão agendamento, seguindo todos os protocolos de biossegurança, de acordo com o cronograma que será divulgado no dia 8 de janeiro, na página referente ao processo seletivo.

CURSOS E VAGAS

Campos Colatina

Administração – 36 vagas

Edificações – 36 vagas

Informática para a Internet – 36 vagas

Meio Ambiente – 36 vagas  

Campos Itapina

Agropecuária – 120 vagas

Alimentos – 36 vagas

Zootecnia – 60 vagas  

Campus Linhares

Administração (matutino) – 36 vagas

Administração (vespertino) – 36 vagas

Automação Industrial (matutino) – 36 vagas

Automação Industrial (vespertino) – 36 vagas

Meio Ambiente – 36 vagas

Campus Santa Teresa

Agropecuária – 120 vagas

Informática para a Internet – 40 vagas

Meio Ambiente – 40 vagas

Campus Aracruz

Mecânica – 40 vagas

Química – 80 vagas  

Análise de histórico escolar

Neste processo seletivo, não haverá aplicação de provas. Os candidatos aos cursos integrados (do PS 11/2021) passarão por análise de histórico escolar. Os cursos integrados são aqueles oferecidos a quem já tenha concluído o ensino fundamental (do 1º ao 9º ano) e tenha menos de 18 anos. Neles, o estudante faz o ensino médio e o técnico no Ifes, em curso único.

A análise do histórico vai considerar as notas finais de língua portuguesa, matemática, ciências, história e geografia, do 6º, 7º e 8º anos. O 9º ano não será considerado devido aos prazos para lançamento das notas pelas escolas de origem dos candidatos, em especial considerando a situação de pandemia. O sistema fará a média ponderada das notas e classificará os candidatos.

O estudante deve ficar atento à necessidade de conversão das notas para a escala de 0,00 a 100,00, caso já não estejam nesse formato, de acordo com as orientações do edital. Além disso, é preciso estar com a documentação exigida para comprovação das notas, que deverá ser anexada por meio do sistema na hora da inscrição (cópia digitalizada do boletim escolar oficial, ou histórico escolar ou certificado de conclusão do ensino fundamental pelo Encceja – neste último caso, acompanhado de histórico escolar ou documento escolar oficial equivalente).

Sorteio

Já para os processos seletivos 12/2021 (cursos técnicos concomitantes e subsequentes) e 13/2021 (Proeja), será realizado sorteio eletrônico. Os cursos concomitantes são aqueles em que o estudante já está cursando o ensino médio em outra escola e faz apenas o ensino técnico no Ifes (o requisito da série em que deve estar consta no edital). Os subsequentes são os ofertados a quem já concluiu o ensino médio. Já o Proeja é voltado a quem tem 18 anos ou mais e não concluiu o ensino médio (o estudante fará tanto o ensino médio como o técnico no Ifes).

O sorteio para essas vagas será executado por meio de um software que ordena aleatoriamente os números usando algoritmos e cálculos matemáticos. Será feito um sorteio por curso e por campus. O momento será gravado, e a gravação será disponibilizada on-line posteriormente.

A classificação dos estudantes seguirá a ordem do sorteio, e todos os que estiverem listados dentro do limite de vagas serão convocados para a matrícula. Os demais ficarão já ordenados na lista de suplentes e poderão ser chamados caso haja vagas remanescentes.

Ações afirmativas (cotas)

Para todos os cursos, 50% das vagas são reservadas às ações afirmativas, que contemplem quem tenha cursado todo o ensino fundamental em escola pública. As ações são divididas em duas partes, seguindo critérios de renda: metade das vagas para quem tem renda familiar per capita igual ou menor a R$ 1.567,50 e metade das vagas sem necessidade de comprovação de renda. Dentro cada uma dessas metades, há a reserva para quem se autodeclara preto, pardo, indígena, ou de outras etnias, e ainda pessoa com deficiência.

O candidato fará a opção pela ação afirmativa a que pode concorrer ou pelas vagas de ampla concorrência no momento da inscrição. Tanto no sorteio quanto na análise de histórico escolar, a classificação dos candidatos será feita entre os inscritos para cada curso e tipo de ação afirmativa ou ampla concorrência.

Veja todos os detalhes nos editais.

Acesse a página de perguntas frequentes deste processo seletivo para mais informações.  


Opiniões dos leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.. Estes campos devem ser marcados *



Faixa atual

Título

Artista