Usina fotovoltaica do IFES Campus Colatina entra em funcionamento

A estimativa de geração de energia desse sistema é de 12.000 kWh por mês.

O Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) conta com mais uma usina fotovoltaica em funcionamento. No dia 30 de junho começou a funcionar a usina fotovoltaica do Campus Colatina entrou em funcionamento com produção efetiva.

Ao todo são 288 painéis solares instalados sobre os telhados de orientação leste das quadras do campus. Os painéis foram divididos em três módulos (um para cada quadra) ocupando uma área total de, aproximadamente, 580 metros quadrados. A energia produzida e não consumida é transmitida integralmente para a rede elétrica da Empresa Luz e Força Santa Maria. Em contrapartida, a concessionária abate a quantidade fornecida dos custos de consumo energético do campus.

A estimativa de geração de energia desse sistema é de 12.000 kWh por mês. Em condições normais, isso pode representar até 40% de economia na conta de energia do campus. Além disso, a nova tecnologia afeta positivamente outros fatores que influenciam na formação do custo do consumo, como a demanda contratada.

Além da economia, a usina fotovoltaica traz benefícios para o meio ambiente. Em 24 horas de funcionamento, em comparação com as usinas termelétricas, a nova usina representa a redução de 0,45 toneladas de CO2. Em um mês, a redução estimada é de 13 toneladas de emissão de CO2 por mês (algo em torno de 800 árvores plantadas) e economia de sete toneladas de carvão.

Comentários